Método de Trabalho
Nosso trabalho é baseado numa combinação de experiência empresarial prática comprovada com metodologias / conceitos desenvolvidos por especialistas em gestão. Utilizamos conceitos, modelos e ferramentas de gestão consagrados envolvendo Aprendizagem Organizacional, Inteligência Emocional, Competências Essenciais, Motivação Humana, Liderança para Resultados, Change Management, Metamanagement, Balanced Score Card, Análise SWOT, TQM, entre outros.

Nosso método de abordagem é estruturado em três fases:

Avaliação Inicial
Identificação das necessidades da organização através de levantamentos estruturados da situação atual e dos objetivos da intervenção proposta.

Construção
Definição dos conteúdos de conhecimento e metodologias aplicáveis mais adequados às necessidades identificadas; desenvolvimento dos planos de implementaçãoe; implantação das ações definidas conforme o planejamento.

Avaliação Final
Análise crítica dos resultados das ações implementadas em relação aos objetivos propostos, com recomendações de desenvolvimento complementar.

Nossos projetos podem ter duas dimensões:


O Projeto de Desenvolvimento Continuado pressupõe uma avaliação realista do risco de investimento e impacto em resultados, previamente informado ao cliente. O Projeto de Intervenção Organizacional baseia-se na transferência de conhecimento e compartilhamento de riscos que sustenta nosso princípio de parceria e relacionamento.

Melhores Práticas em Gestão – Referências Conceituais
Somos orientados pela máxima de Lavoisier: “na natureza nada se cria, tudo se transforma”. Com este princípio, buscamos simplificar, adaptar e recriar conceitos, métodos, ferramentas e idéias, gerando resultados práticos. A seguir, conheça as fontes onde bebemos um pouco de conhecimento.

Os Gurus: Peter Drucker, Ian Mitroff, Igor Ansoff, Vicente Falconi, Abraham Maslow, David McClelland, Freddy Kofman, William Ury, Peter Senge, Rensis Likert, Gary Hamel, C.K. Prahalad, Ichak Adizes, Rosabeth Moss Kanter, Rom Zemke, Robert Kaplan, Michael Porter, Chris Argyris, Douglas McGregor, William Deming, Daniel Goleman, John Kotter, Henry Mintzberg, Warren Bennis.

Sobre as idéias destes especialistas apoiamos grande parte de nossa abordagem buscando combinar suas idéias e métodos às necessidades da empresa. Eles nos orientam e nos dão sustentação conceitual.

As Escolas: Harvard Business School, The Wharton School, London Business School, INSEAD, Fundação Dom Cabral, Fundação Getúlio Vargas, IMD, Kellog.

Sobre as práticas destas instituições no aprendizado organizacional, concentramos nossa busca de inspiração para avaliar tendências, agregar valor e identificar o que de fato pode fazer a diferença na gestão de negócios num mundo competitivo e em permanente mudança.